domingo, 17 de janeiro de 2016

Ficha de consumação psicografada

Não tenha dúvida que algumas coisas só acontecerão na sua vida por que você tem amigos. Ainda mais amigos que cresceram juntos a você e não perderam a “criança interior” e sabem brincar como se o tempo não tivesse passado.
Conheço pessoas que são assim. Tem amigos antigos, amigos que permitem memoráveis “sacanagens”, sem duplo sentido.
Contou um deles assim...
Tenho um amigo que é muito sacana. Todas as vezes que saímos pra balada, ele fica pedindo que você compre as coisas pra ele. Sempre foi assim.
Somos uma turma de amigos que cresceu juntos e não tem jeito. Sempre... Sempre... Sempre... O cara vem com algo do tipo: Esqueci meu cartão, meu cartão foi bloqueado, paga ai que depois eu faço a sua.
Não faz muito tempo, todo mundo foi na balada e dele deixou a comanda saindo da calça. Um dos meus amigos foi lá e pegou a comanda sem ele ver.
Sentamos todos na mesa e mal deu tempo de esquentar a cadeira, já saiu pedindo:
- Paga uma bebida ai pra mim?!
O camarada que estava com a comando, falou:
- Claro! Pode pedir o que você quiser! Tudo que quiser...
- Oh! Legal! Eu tô com essa mina aqui e posso pedir para ela também?!
- Claro! Pode pedir o que você quiser. Hoje pago tudo!
O cara ficou feliz pra caramba e não estava acreditando que o camarada estava pagando tudo. Todos consumiram e marcaram na mesma comanda. Ou seja, na comanda dele.
Perto da hora de ir embora, foram saindo um a um. E o camarada que estava com a comanda “dele” colocou de volta no bolso dele, sem que percebesse. Aproveitou o momento e saiu. Ficaram todos lá fora na balada esperando.
Ele foi pro caixa. Quando o caixa apresentou a conta, ele falou:
- Mas... eu consumi tudo isso não!
Quando começaram a bater a conta... ele foi se dando conta de que tudo que estava na comanda, fazia parte do que ele havia consumido.
O valor da conta ficou alto. E pra variar, ele não tinha dinheiro. Pra resolver o problema, a menina que estava com ele teve que pagar a conta.
Como temos um grupo de whatsapp com todos os amigos, começamos a pesar nele tirando um barato do ocorrido.
Fico imaginando ele pensando...
- Caramba! Não é possível psicografaram minha comanda?! Não gastei nada disso...

Bom... E foi isso que me contaram. E como gosto de contar histórias, essa mais uma das histórias que me contaram.
Fique à vontade para deixar seus comentários, obrigado por ler meu blog e até meu próximo texto!

(Ouça o texto no vídeo ao lado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário