sábado, 29 de agosto de 2015

O Verdadeiro Amor

Observei que a Disney em duas obras: o filme Málevola com Angelina Jolie e o desenho animado Frozen – Uma aventura congelante, mostra o amor verdadeiro por outra perspectiva.

No filme Malévola, o amor verdadeiro é demostrando por um beijo dado pela “Mãe adotiva”, no caso a própria. Que vendo a incompetência das fadas encarregadas pelo rei de criar a menina, praticamente assume o papel de mãe e tutora da menina, a fada madrinha.

Em outro longa animado Frozen – Uma aventura congelante. O ato de amor verdadeiro é demonstrado pela irmã Ana ao entrar em frente a espada para proteger a irmã Elsa.

O que antigamente era um príncipe sobre um cavalo branco rampante galopando em disparada para dar um beijo de amor verdadeiro, está sendo desconstruído pelas realidades vividas no dia-a-dia de uma sociedade mais realista. Inclusive em Frozen, o personagem Olaf faz ironia a essa ideia ao conversar com a Ana no momento em que seu coração está congelando, mais pelo egoísmo do Hans que assume sua ambição e interesse pelo trono, do que de fato pela esperança que Kristoff, seja de fato seu salvador no “ato de amor verdadeiro”.

Em Malévola, o mesmo acontece quando ela percebe que a menina foge para o Castelo e que a maldição se consolidará e em um ato de desespero ordena que busquem o príncipe Phillip. Para que pudesse levá-lo a salvar a princesa com um beijo de amor verdadeiro. O príncipe é impulsionado a beijar a princesa por ordem das fadas. Mas ao beijá-la nada acontece. Quando entra em cena Malévola. Essa cena para mim é o ápice do filme, em uma declaração de amor, carregada de um forte arrependimento à maldição dada a menina, que do meu ponto de vista só ali já se estabelece a redenção que só o amor é capaz de restitui, feita por Malévola antes de beijá-la. Uma versão completamente diferente do desenho animado original.

Existe uma observação feita em Frozen que é um alerta, quase que um apelo a geração vindoura “Como você vai se casar com quem você nem conhece! ”.

Da mesma forma posso citar outros desenhos que demonstram que a amizade é o ponto principal de salvação dos relacionamentos, como no desenho animado Toy Story 3 quando todos os personagens se dão as mãos diante de um final trágico e supostamente inevitável.

Penso que, essas novas obras vêm com objetivo claro de passar uma mensagem ou uma mensagem melhor, algo como: Que família é quem você escolhe para viver e que esses são seus amores verdadeiros. Seus pais (adotivos ou não), seus irmãos, aqueles que são felizes com o simples fato de ver você feliz. Esses são seus amores verdadeiros.


Fique à vontade para deixar seus comentários e obrigado por ler meu blog.

Até me próximo texto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário