sábado, 15 de março de 2014

Acreditar em pessoas

Há frases que você ouve que demoram para serem digeridas.

Elas fazem você se questionar o tempo todo. E no meu caso, a única maneira de fazer elas se calarem é escrever.

Um frase que ouvi que realmente me incomodou:
“Adalberto você é muito inocente. Acreditar em pessoas?!!”

Se acreditar em pessoas me faz um inocente então sou mesmo inocente. Do meu ponto de vista quem não acredita em pessoas não acredita em si mesmo. Jamais terá coragem de se doar para ensinar o outro a ser melhor ou ser portador de esperanças.

Um professor no Brasil só está em uma sala de aula de uma escola pública de ensino fundamental pelo simples fato de acreditar em pessoas. É porque ele acredita em pessoas, no ser humano, que continua educando e fazendo as acreditarem em um futuro melhor.

Algumas coisas só existem porque pessoas acreditam em pessoas, a pesar de algumas vezes as coisas não saírem como esperado. Se as pessoas não acreditarem nas outras até que se provem serem confiáveis nada vai funcionar. Acreditamos e confiamos um nos outras até que se provem não serem confiáveis.

A sociedade de uma maneira geral funciona porque acreditamos um nos outros e a lei existe para punir aqueles que traem nossa confiança.

Imagine você viajam e não poder parar em um restaurante porque não acredita no dono do restaurante, não confia nele. Nós acreditamos tanto em pessoas que isso está em nós e nem percebemos, nós somos naturalmente confiáveis e damos créditos as pessoas. Quando você para em qualquer ponto na estrada e almoça. Você está simplesmente acreditando que vai fazer uma boa refeição, caso contrário não faria isso.

Quando você implanta um processo na empresa, está acreditando que cada um fará sua parte. E quando uma delas não faz o que esperado você entra no processo de correção.

Pense. Você não subiria em uma avião senão acreditasse no piloto. Não tomaria um ônibus senão acreditasse no motorista. Mesmo quando você está na estrada, acredita nas pessoas que estão a sua volta.

Pode parecer hipocrisia ou que estou fazendo apologia à viver no mundo de Poliana, mas confiar em pessoas é o que fazemos a maior parte do nosso tempo.

Confie. Acredite. Simples assim!
Vou ficar por aqui...
Fique à vontade para deixar seus comentários...
Muito Obrigado por ler Meu Blog e até me próximo texto!

2 comentários:

  1. Meu amigo Adalberto. Como diria Luther King, "Eu tenho um sonho". Esse sonho é que as pessoas pensem no coletivo e não no individual. Me incluo nisso. Grande abraço !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazemos isso todos os dias. Não acho que seja um sonho, do meu ponto de vista, já é uma realidade.

      Excluir