Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

O difícil aprendizado do silêncio

Uma das lições de vida mais difíceis é o aprendizado do silêncio. Principalmente quando você tem uma natureza ativa que parece estar pronto para responder a qualquer pergunta.
Ficar em silêncio para muitas situações pode significar uma mudança completa de estratégia, uma arma perfeita contra a maledicência, um presente de grego com o mais belo embrulho. No entanto, existe um limite e uma linha muito tênue entre ficar em silêncio (O Silêncio que por si denuncia) e Calar-se (O Silêncio da culpa ou da inação).
Perceber esse time, saber se “segurar na cadeira”, segurar a mão para não ir a teclado e fazer de um e-mail ou mensagem uma cascata de palavras ofensivas e vazias, é esse o segredo do aprendizado do silencio.
Quantas vezes, você diz algo que não deveria e não tem mais como voltar atrás?!
Há um ditado que diz: “Há três coisas que não voltam atrás: A palavra lançada, A pedra atirada e o tempo perdido”.
E quando falo de palavra lançada, não estou me referendo apenas a ela falada, mas escr…

Palavras jogadas ao vento

Às vezes você fala as coisas e não tem ideia de onde vai chegar ou se o interlocutor captou a mensagem ou não. E muitas vezes você esta conversando de maneira descompromissada ou mesmo endereçada, conversando diretamente com a pessoa e não sabe se a fala ou aquela conversar vai dar em alguma coisa. Às vezes falamos por falar. Eu mesmo quando vejo a oportunidade falar algo para um jovem e percebo que ele tem interesse na conversa procuro aconselhar nos pontos em que considero que se tivesse uma orientação quando na idade dele, talvez as coisas fossem melhores. É claro que não posso ser afirmativo nesse tipo de sentimento, afinal ninguém sabe se determinado acontecimento em determinado momento da vida faria ou não grandes diferenças. São inferências. E foi em uma dessas conversas que falei para um menino, que na época devia ter por volta de 13 anos de idade, sobre como fazer para cuidar do pouco que viria a ganhar. Em uma época que li os livros de Gustavo Cerbasi. Passados alguns anos, rece…

Coisas da Copa

Há coisa que só vemos na TV e até que aconteçam ao nosso lado não passam de coisas “que se vê na televisão”. Há besteiras que ouvimos que não acreditamos até que ganhem proporções que saem do controle de quem falou a besteira. Ano 2014. Ano de Copa no Brasil. Você ouve coisas que ficam difíceis de acredita. Luciano Hulk, o benfeitor. Com seu programa “Caldeirão do Hulk” que poderia se chamar “Abre as portas da esperança” em muitos de seus quadros. O “bom moço” ou “bom senhor” já que ele não é tão jovem assim. Casado, pai de três filhos. É casado com a “Vou de Taxi” Angélica. Postou uma dessas joias que ficarão para a posteridade. Diferentes de algumas joias que nossos políticos falam ao longo dos anos. Algo como: “Relaxa e goza” da na época Ministra do Turismo Marta Suplicy referente à Crise aérea de 2007. “Estrupa, mas não mata” do então Prefeito Paulo Maluf... Se continuarmos listando não vamos parar de escrever. O “bom moço” fez melhor que qualquer um de nossos políticos que a final fala…

A história de Bill e Ball

Estava passando pela Praça dos Expedicionários próxima a Avenida Brás Leme em Santana em São Paulo.  Vi dois cães brincando de morder um ao outro. Percebi que os cães estavam felizes. Cães que não pareciam de raças conhecidas, mais pra vira-latas que parecidos com alguma raça. Não sou especialista em saber de qual raça um cão pertence. Aqui me lembrou a historia de Bill e Ball. Essa história é tão antiga que não me lembro com perfeição os detalhes dela. Mas me lembro do veio e final dela. Ao lado da casa de Sr.Norival, avô de meus filhos, na Rua Biri em Itaquera, havia um vizinha que a chamavam de “Linda”. Ela tinha dois cães, um vira-lata chamado Bill e um pequenino que não me lembro do nome que deram a ele. Lembro-me mesmo é dos maus tratos que o Bill impunha ao pequeno cachorrinho. Sempre se ouvia os gritos da vizinha com o Bill para soltar o pequeno. E assim era. Quando colocavam comida para o Bill e o cãozinho vinha para comer junto; Bill rosnava e o pequenino se encolhia e fica ag…

O tempo e a convivência

Fui à casa de uma senhora. Quando cheguei, vi um senhor debilitado em um sofá conforto, um daqueles tipos sofá poltrona que você faz ajustes para ficar confortável. Perguntei o que havia acontecido com ele.  Procurei fazer a pergunta de maneira a não perturbar. Ela falou que os problemas foram resultados dos vários AVC (Acidente Vascular Cerebral). Que culminaram por deixar sequelas. Deixando o com apenas um olho enxergando, complicações nas vias respiratórias, dificuldades para andar. Fomos bem tratados como sempre.  Mas fiquei intrigado.  Saindo de lá Minha Mamãe me falou da luta dela com a situação do marido. Naquele momento me lembrei de um dos posts onde mostravam as imagens do filme UP, na verdade se trata de um desenho onde o nosso já falecido Chico Anísio fazia a dublagem para o filme em português.  Onde o personagem conheceu sua esposa ainda criança e foram companheiros até o último dia de vida dela. Perguntei pra minha mãe se ela já o conhecia na mocidade e a reposta foi afir…

Na nossa vida tudo é como um carrossel

O diretor da empresa solicitou uma reunião com os lideres e especialistas da empresa para uma conversar. Algo que ele definiu como “um bate-bapo”. Quanto fiquei sabendo disso pensei: Agora vai rolar uma CRG (Comida de Rabo Geral). Estávamos trabalhando em um projeto de visibilidade e trabalhando muito para as coisas saírem dentro das expectativas tanto nossa e principalmente como as do cliente. Como todo projeto grande, um item ou outro pode sair errado e ter que usar o plano de contorno, nesse projeto foi o que aconteceu. Bom... O que é aceitável para mim, pode e com certeza é inaceitável para outra pessoa, principalmente quando essa outra pessoa esta em uma posição de maior visibilidade. Dai a minha ideia de “CRG”. E fomos lá para a reunião. Não deu outra! O diretor foi falando sobre o que havia acontecido na reunião com o cliente. Depois foi apontando um a um onde cada um falhou ou poderia ter feito melhor. E como deveríamos trabalhar com o sentimento de donos não só da atividade mais…

O que foi que deu errado?!

Durante toda uma vida, você se limitou a fazer coisas que poderia fazer e não fez pelo simples medo do amanhã. Passou a vida economizando, se privando de algumas diversões que com um simples planejamento acrescentaria mais dias de felicidades a sua vida. De repente, seu relacionamento termina e por incrível que pareça você arruma condições de: #Viajar, #PartiuBalada, #QueroSerFeliz e põe mais hash tag nisso! Por que não fez isso antes? Ficou com medo de um amanhã que não chegou. Fez uma economia que não se justificou. Não que seja errado economizar, mas tem que haver um meio termo entre economizar e se divertir. De repente acredita que tudo o que vinha fazendo perdeu o sentido, porque seu relacionamento terminou, como se a vida acabasse e por isso tudo não tem mais sentido. Você já viu essa historia várias vezes ou algumas vezes na sua vida. Se ainda não viu pode ter certeza que vai ver. Se é que isso já não aconteceu com você. A maioria dos relacionamentos é constituída dessa maneira: Casa…

Acreditar em pessoas

Há frases que você ouve que demoram para serem digeridas.
Elas fazem você se questionar o tempo todo. E no meu caso, a única maneira de fazer elas se calarem é escrever.
Um frase que ouvi que realmente me incomodou: “Adalberto você é muito inocente. Acreditar em pessoas?!!”
Se acreditar em pessoas me faz um inocente então sou mesmo inocente. Do meu ponto de vista quem não acredita em pessoas não acredita em si mesmo. Jamais terá coragem de se doar para ensinar o outro a ser melhor ou ser portador de esperanças.
Um professor no Brasil só está em uma sala de aula de uma escola pública de ensino fundamental pelo simples fato de acreditar em pessoas. É porque ele acredita em pessoas, no ser humano, que continua educando e fazendo as acreditarem em um futuro melhor.
Algumas coisas só existem porque pessoas acreditam em pessoas, a pesar de algumas vezes as coisas não saírem como esperado. Se as pessoas não acreditarem nas outras até que se provem serem confiáveis nada vai funcionar. Acreditamos e…

Coisas que não se explica

Vou começar o texto com uma das falas de minha mamãe a respeito de um questionamento que fiz a ela: “Filho, isso vai ser assim mesmo. Mesmo que todos queiram mudar não vai. Já vi muitas vezes isso nessa minha vida. Só por Cristo mesmo que pode mudar”.
Há coisas que não se explica. E se tentar explicar a prática não dá sustentação à teoria.
Quando George Bush assumiu o governo americano como o 43º. Presidente dos Estados Unidos. Assumiu seu mandato em 20 de Janeiro de 2001. E os Estados Unidos vinha de vento em polpa com um governo anterior envolvido em escândalos sexuais, mas com uma economia que não havia o que falar, Bill Clinton havia deixado o “barco” na direção certa e carregado de peixes. Ao completar sete meses faltando poucos dias para completar seu oitavo mês de mandato eis que aconteceu a tragédia de 11 de Setembro. A partir daquele ponto já sabíamos que o governo dele jamais seria o mesmo. E que o mundo a partir da li não seria mais o mesmo.
O ser humano não tem o raciocínio c…

O ticket e o trem

Em uma reunião de lideres, o mentor, no alto de sua explanação sobre oportunidades e atitudes falou algo que me fez pensar e repensar. Do meu ponto de vista, algo metafórico, mas com um conhecimento embutido muito valoroso. Procurando os olhos de quem o ouvia, com a mão esquerda aberto, virada com a palma para cima e os dedos como se estivesse segurando um diamante ou algo muito precioso ele falou: - Vocês precisam aprender que na vida tudo é questão do ticket e o trem. Você escolhe o trem que quer tomar. Faça o esforço que for necessário para comprar o ticket que você precisa para embarcar no trem que você escolheu. Vá para a estação e fique com aquele ticket na mão. E saibam que: Quando o trem chegar à estação, você precisa esta com o ticket na mão. Se o trem chegar e o trem passar... Você perdeu. Também não adianta esta com o ticket certo e querer tomar o trem errado. Você precisa esta com o ticket certo e esperar na estação pelo trem certo. Tudo na vida de vocês se resume nisso. Fiq…

DesCorretor Ortográfico

Essa coisa de usar corretor ortográfico no celular ainda vai causar confusões e confusões das graves. Se é que já não andou causando por ai. É muito útil, mas uma pequena falta de atenção ou pressa... E tudo pode sai errado. Lembro-me que fui comprar uma capinha de celular com minha filha e como ela gostou muito do que comprou, acho que deveria enviar uma mensagem para a amiga. Antes de enviar a foto da capinha mandou a mensagem: “Menina! Comprei uma calcinha que você precisa ver que linda!” A amiga respondeu na hora “Nossa me conta?! Tenho muitas ousadas.” Quando ela leu a resposta percebeu que havia algo errado com a mensagem que havia passado. Voltou na mensagem e percebeu que o Corretor Ortográfico havia “caído na água”... Tipo um Gremlins... Virou do mal! Escreveu tudo errado. Trocou a palavra “capinha” por “calcinha”. E não foram um, nem duas, mas diversas vezes que tive que voltar no meu twitter e apagar o que twittei por conta de erros grosseiros provocados pelo “Descorretor” Ortográf…

Ser um animal muito grande

Cada um possui sua crença ou nem possui. Eu sou Cristão. Cristão Evangélico. Há pessoas que só de ouvir falar que alguém é evangélico, já coloca a etiqueta de “Ignorante” de olhar na testa da pessoa que falou. Há outros que colocam outras etiquetas como “idiota” naqueles que falam que tem religião. Na bíblia sagrada está escrito que temos uma única vida terrena. Não é meu objetivo fazer estudos bíblicos, até por que não sou credenciado pra isso. Mas você pode encontrar na Bíblia em Hebreus 9:27 e 28 – “E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o juízo, assim também Cristo, oferecendo-se uma só vez para levar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.” Existem religiões que acreditam em reencarnação. Há religiões que acreditam que os seres humanos se reencarnam apenas em seres humanos e vão e voltam até evoluir e entrar em um nível espiritual mais elevado. E outras acreditam que o homem ao morrer pode reencarnar em qu…

Coisas que não entendo

Há coisas que não entendo e sinceramente por mais esforço que faça não vou conseguir entender.  Ou é maldade demais ou é falta de percepção do sentimento alheio.  O fato é que a convivência trás bem pra perto os verdadeiros sentimentos, mas quando não se sabe o que levou a tal comportamento é melhor contar e você decide o que de fato é. Viajar e contar histórias são coisas que gosto de fazer. E por vezes viajando ao longo também ouvimos histórias. Logo se ouve um historia e se achar interessante se escreve a historia. É o caso dessa história que vou contar. Peguei em uma viagem que fiz e no caminho foram me contando. A pessoa quem me contou mostrou um sentimento tão doido de coisa que se perdeu e sabe que não se pode voltar, mesmo que existam recompensas, aquele tempo não mais será recuperado. Engraçado como a vida nos força a olhar pra trás e infelizmente com algum pesar. Olhando para trás, medindo o tempo que passou se viu olhando para uma menina que agora próximo dos seus 10 anos, se …