Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

Eu sou mãe, doutor.

Quando você ouve uma pessoa falar que mãe tem o poder de saber e sentir o que o filho tem ou esta sentindo ao ouvir a voz do filho, você se pergunta como pode ser isso? Se você nunca se perguntou, posso afirmar a você que já me fiz e ainda me faço essa pergunta por várias vezes. E ainda hoje, quando ligo pra minha mãe percebo que ela esta sondando minha voz para saber se esta tudo bem, mesmo antes de me perguntar. Quando a mãe recebe o filho pela primeira vez nos braços em estado consciente após o parto, a primeira coisa que ela faz é desembrulhar o pacotinho para ver se esta tudo no lugar... Se o filho esta perfeito. E depois ao longo da vida vai acompanhando o crescimento e continua observando... É um vergão nas costas do tombo que levou... E ai vai... Até o vermelhão no pescoço da chupada que o namorado ou a namorada deu. E fora outras coisas que ela saber de olhar no filho ou filha... E faz de contada que não percebeu nada e deixa a alma rir... Fora quando pega o bichinho no pulo... N…

Calça cansada

Quase sempre que viajo ao interior ouço cada história... Umas mais engraçadas que outras... Mas as histórias mais intrigantes que ouço são aquelas histórias antigas. Aquelas histórias que você não consegue entender por meio de ciência alguma como foi que o ser humano teve tal ideia. Já contei a história do Frango Vidente que sinceramente está mais pra mandinga que para simpatia... E uma história sobre Crendices que certa vez ouvi em uma padaria... Essa história que vou contar é baseada em um fato real (Se é um fato... É real. É um vício de linguagem.).  Vamos à história... Estava almoçando quando em meio a conversa ouviu algo assim: - Ele não sabe nem cuidar dele mesmo... Saiu correndo atrás de mim pedindo a calça para dormir... Pra colocar embaixo da cama para dormir... Opa! Parei a conversa. Perguntei: - Como assim?! Que história é essa? - Você nunca ouviu falar disso não?!  (Bom... observar link assim...) E ela continuou a explicação: Quando a criança é bebê pequeno (Hummm.. Olha o link de n…

Erro de cálculo

Tem coisas que nos fazem lembrar situações que você jamais lembraríamos espontaneamente. Essa história é sobre uma dessas situações. Estava no banheiro quando olhei para o ralo do chuveiro e me lembrei disso... Há alguns anos atrás conheci um garoto que tinha, segundo a mãe, um comportamento diferente dos outros. Fato que ele estava sempre às voltas nas seções de terapia por imposição da mãe. A mãe dele se irritava muito com os comportamentos inesperados que ele apresentava, e por vezes ficava muito perturbada a respeito e meio perdida. Eu não conseguia ver essas coisas nele. Eu achava que ele pensava diferente dos outros, tinha uma maneira diferente de enxergar as coisas e que precisa ser ensinado usando métodos alternativos. Bom, antes que isso vire outra história, me deixa voltar à história. Como faz mais muitos anos não me lembro de muitos detalhes. Mas isso foi muito engraçado...  (risos). A mãe dele gritou com ele para que fosse tomar banho logo, pois esta demorando muito para ir. Ele…

Lição de vida

Há muito tempo fui a um culto onde o pastor, pregando sobre relacionamentos, falava para as mulheres usarem os presentes que ganhavam de seus maridos imediatamente, ou o quanto antes. Nada de deixar guardado ou ficar acumulando presentes nas gavetas para usarem algum dia... Em um dia especial ou coisa assim. A argumentação foi simples e direta: Não seja trouxa Minha Irmã! Use mesmo todos os presentes que você ganhar do seu marido. Você fica guardando e quando morrer, ele vai colocar outra no lugar e ela vai usar tudo no seu lugar. Não pense que será diferente. Não se engane! O dia especial é hoje! Veja como a vida nos surpreende... Estava com minha esposa passeando e comprando algumas lembranças em Porto de Galinhas - PE quando, não me lembro por qual motivo, ela fez o seguinte comentário: Eu não guardo presentes que ganho não. Quis saber o motivo e por incrível que pareça, ela me contou uma história que foi de encontro ao que o pastor pregou alguns anos atrás. Uma tia dela tinha mania de…

O Frango Vidente

Estávamos todos conversando na sala descontraidamente quando começamos a falar de gravidez e filhos. Quando o Seu Paulo contou que precisou vender 100 frangos só pra comprar uma bendita de uma boneca chamada “Bate Palminha" pra sua filha Katia quando essa era criança. Em meio a conversa, ele lembrou que havia comprado um frango na semana pra fazer a tal simpatia do "Frango". Foi então que fiquei curioso e quis saber do que se tratava. Queria saber o que a era e de onde veio essa simpatia do "Frango"... Seu Paulo contou que em São Simão-SP havia uma única parteira a qual segurou a ele e a todos os 13 irmãos. Essa senhora se chamava Jeroma. E em homenagem a ela, segundo ele contou, o prefeito da cidade na época de nome Celão, fez um berçário e a homenageou, dando o nome de Berçário Dona Jeroma. Pesquisando na internet, verifiquei que o nome correto é “Jeronyma Ignacia de Jesus Esteca Dona Jeroma Berçário”. Essa senhora, quando uma mulher grávida entre quatro e seis …