Pular para o conteúdo principal

O Sururu deu Piriri


Saímos para almoçar e no caminho a conversa, obviamente... comida.
Saímos para comer no Shopping Plaza Sul e quando chegamos muitas opções... Locais para comer e comida de diversos tipos.
O Vitor Rocha queira comer uma comida japonesa no Domburi. A princípio pensei que ele iria comer em outro restaurante japonês, onde a gente come por quilo... mas não! Ele queria comer no Domburi mesmo... Aproveite e peguei carona. Comi no Domburi também. Comi o prato “Bife Domburi” e a Denise Vollet que estava com a gente comeu outro prato também... nessa linha: Domburi alguma coisa. Domburi Frango, Domburi Bife...
Não sei como surgiu o assunto, mas falavamos de comidas diferente, quando fiz o seguinte comentário:
Hoje é dia de semana e não gosto de ficar inventando de comer comida diferente do que tenho costume... Vou no de sempre, sigo o padrão, assim não sai nada errado. Prefiro comer comida diferente quando estou tranquilo, tipo não tenho que trabalhar estou de folga. Assim se alguma coisa sair de curso... tranquilo...  tenho tempo pra tratar da situação.
E quando estou em viagem, principalmente! Imagine você chegar em um lugar onde você vai ficar alguns dias, oito dias mais ou menos. No primeiro dia você chega e já sai comendo tudo quanto é comida que vê pela frente, porque nunca comeu, por que é comida típica, por que é isso, por que é aquilo... e.... no primeiro dia você tem um piriri !?! Isso pode acabar com a viagem!
Imagine você com piriri fazendo um city tour... Não sabe se presta atenção no que o guia fala ou se procura um banheiro.  E se a coisa ficar feia e você não sabe se é um ou se é o outro? Se tira uma foto ou se... melhor nem pensar! Complicado não !?!
Se vou comer alguma coisa que não conheço, procuro avaliar antes... Caso contrário pode correr esse risco. Não conheço nenhum que tenha ido a Bahia e não voltou reclamando da comida forte de lá. Bom... Eu gosto de comida baiana... Certamente não é meu caso. Se tem um lugar que sai já sentindo saudades, este lugar foi Costa do Sauípê na Bahia... Lugar lindo e muito gostoso...
Em algum momento da conversa a Denise falou que em uma de suas viagens para o nordeste, comeu um Sururu que estava uma delicia... foi quando ela falou:
- Não sei, mas depois do sururu me deu um piriri daqueles!
Demos muita risada... Pensei: Esse assunto vai parar no Meu Blog!
Feito! 
Obrigado por ler Meu Blog.
Até meu próximo texto!

Comentários

  1. Esse assunto não gera polêmica, portanto não tem muita graça, mas vou fazer meu comentário!
    Sou do tipo Guzula (lembra deste monstrinho?), como de um tudo e, não sei se, graças a deus ou infelizmente, nada me faz mal.
    Até hj, não me lembro de ter passado mal por conta de lagum alimento, talvez por conta de um garrafa de vinho extra, mas, alimento não!
    Às vezes até gostaria de ter um piriri, talvez p emagrecer uns quilinhos, mas não acontece.
    Só tenho a lamentar por pessoas que possuem o aparelho digestório mais sensível.

    Sandra Regina Miguel

    ResponderExcluir
  2. Oi Sandra!

    Que legal essa lembrança do Guzula!!
    É da época do Super Dínamo!
    O episódio mais gostoso que me lembro do Guzula foi quando ele entrou com a Irmãzinha dele no mercado e come todas as panelas de alumínio. Eles acharam o sabor do alumínio mais gostoso e comeram toda a prateleira do mercado...rsss

    Muito legal!
    Obrigado por Meu Blog!

    ResponderExcluir
  3. Adalba e Sandra, eu não sou da época do Guzula, rss mas faço parte do clube dele, rss
    Se eu não tivesse parado de comer carne, eu os convidaria para testar um Piriri comendo o famoso Churrasco Grego da estação da Luz ou do Largo do Paissandu,rss Brincadeirinha, lá só para os de aparelho digestivo compatível com o do Super Homem, de qualquer forma o que quero dizer é que não perco a oportunidade de conhecer comidas diferentes, em lugares seguros, e até hoje pelo menos não fiquei na mão por isso, mas aproveito para contar uma história rápida de uma vez que eu e mais 3 amigos, fomos de bike de São José dos Campos a Ubatuda, e na parada para o pernoite em São Luiz do Paraitinga, fomos comer uma pizza, para minha surpresa foi a primeira pizza alagada com muito molho, mas parecia uma sopa-pizza, rss. Resultado um dos meus amigos passou a noite sentado no troninho e mesmo assim o piriri não passou, ele teve que voltar para casa de onibus e até hoje não finalizou esse passeio.

    Abraços

    Bruno José Patrussi

    ResponderExcluir
  4. Bruno,

    Ai sim: "conhecer comidas diferentes, em lugares seguros"...Este é o meu ponto de vista. Se eu não fizer isso posso estragar meu passeio.
    Não é mesmo?!! rssss Foi o caso do seu amigo.

    Abs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você não gosta de ser fotografado.

Não poderia deixar de escrever esse texto... É mais um registro para pequenas coisas que acontecem em nossas vidas que merecem um registro para posteridade, ainda mais que temos tantas e tantas formas de manter nossas vidas registradas e compartilhadas. Oscar Niemeyer viveu 104 anos e faltando 10 dias para completar seus 105o. Aniversário, veio a falecer e deixou a seguinte mensagem: “... Porque eu acho que a vida é assim. A gente tem que separar as coisas. A vida é chorar e rir a vida inteira. Aproveitar os momentos de tranqüilidade e brincar um pouco. Depois, os outros é aguentar. A vida é um sopro né?”. Antigamente tirar uma fotografia era coisa tão cara que as fotografias eram póstumas. Essas fotos se chamavam Post Mortem. A foto era tirada da pessoa morta como se estive viva. Eles vestiam o morto e colocava em uma posição, como se estive vivo e fotografavam. Com o passar dos anos e a evolução tecnológica qualquer celular básico tem uma câmera. E os smartphones tem capacidade de tira…

Você sabe o que é miopia de alto grau? Fale como o Ramiro Diz.

Tenho um amigo que trabalha comigo que usa óculos desde de os sete anos de idade. Como ele morou  em Portugal... Seus parentes são portugueses.. Oras pois!

Ramiro Diz pá! é o nome do gagio!


Hoje, ele usa 22,0 graus de miopia. Me contou que usa óculos desde os 7 anos de idade. Seu grau de miopia nesta idade já chegava aos 12 graus.

Quando foi ao oftamologista pela primeira vez, este receitou inicialmente um grau abaixo do que ele usava para que se acostumasse com o óculos. Um pouco de psicologia infantil para ajudar o menino a enxergar e brincar.

Eu também sou miope, uso 4 graus de miope em ambos os olhos, comecei a usar óculos aos 18 anos  de idade, mas nestes números o Ramiro saiu na frente disparado logo ao 7 anos de idade... 12 graus! é muita coisa!

Mas graças a tecnologia podemos enxerga com tranquilidade, usando um belo e estiloso de um par óculos.

Hoje óculos é item de moda, tem muitas pessoas que usam a armação apenas como adereço... Isso mesmo! Usam o óculos sem grau! Só pra f…

MATANDO UM LEÃO POR DIA...

Eu gosto de escrever meu próprios artigos, mas algumas vezes recebemos alguns emails que trazem consigo uma lição de vida tão interessante, que alguns que recebo, passei a colocá-los no Blog. 
Eu estava na casa da Minha Elaine, quando ela começou a ler o texto em voz alta, estando ela sentada no chão na sala. Não posso negar que ela me conhece bem, tenho certeza que ela o fez sabendo que isso iria me chamar a atenção. Pensei... Por traz deste texto tem algo interessante. Assim que ela terminou o texto, falei: Manda pra mim por favor?
Bom... Veja o texto na integra...

MATANDO UM LEÃO POR DIA ... Em vez de matar um leão por dia, aprenda a amar o seu. Por Pierre Schurmann
Outro dia, tive o privilégio de fazer algo que adoro: fui almoçar com um amigo, hoje chegando perto de seus 70 anos. Gosto disso. São raras as chances que temos de escutar suas histórias e absorver um pouco de sabedoria das pessoas que já passaram por grandes experiências nesta vida.
Depois de um almoço longo, no qual falamos…