sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Monte Verde - A Suiça Mineira

Quanto estive em Campos do Jordão (SP), comi em um lugar chamado “O Pastel do Maluf” e li no cartaz os locais onde eles tem lojas. E no cartaz li “Monte Verde-MG”.
Conversando certa vez na empresa, pós reunião semanal, com Marcelo Bruzadelli, um mineiro que gosta muita das tradições de seu estado, comentou com muito gosto sobre as regiões montanhosas de Minas Gerais. Falou das comidas, dos doces e queijos da região de Monte Verde (MG).
Quando minha namorada falou: Que tal passarmos um final de semana romanticamente em Monte Verde?!
Com ela falando em irmos a um lugar romântico, só resumiu tudo o que já vinham sendo premeditado. Nós tínhamos que conhecer Monte Verde. Não sei quanto a você, mas quando elas falam romanticamente. É tipo você e ela. Certo?!

Saímos para passar um final de semana mesmo. Saímos na sexta-feira a noite  e voltamos no domingo.
Ficamos hospedados em uma pousada chamada Villa D´Amore. Uma pousada muito agradável e gostosa, como chegamos a noite estava bem frio. Ao entramos no nosso chalé, acendemos a lareira. Que delícia! Ficou bem aconchegante. Exatamente como ela queria ou tinha imaginado: Romanticamente.
Saímos no dia seguinte para conhecer a cidade. A cidade tem uma rua principal cheia de restaurantes com comidas típicas e muitas lojas, tem locais onde você pode alugar quadriciclos para fazer trilhas pelas montanhas. A cidade lembra muito Campos dos Jordão. Monte Verde é uma cidade para encontros e passeios românticos mesmo.
Gostei de Monte Verde (MG) e recomendo que você vá com seu amor conhecer aquela cidade. Do meu ponto de vista não é uma cidade para ir sozinho ou ir de turma, a menos que sejam vários casais. Como vi por lá. É um cidade para quem quer ir namorar e ficar tranquilo.

Obrigado por ler Meu Blog!
E até meu próximo texto.


Um comentário:

  1. Adalba,

    Eu e minha esposa, estamos devendo uma visita a Monte Verde, e lendo seu post, deu mais motivos para não adiarmos por muito tempo essa visita.

    Valeu pela dica!

    Abraços

    Bruno José Patrussi

    ResponderExcluir