Pular para o conteúdo principal

Marque seu tempo

Tente conversar com pessoas que moram sozinhas, em lugares distante e longe de tudo... E procure conversar sobre fatos ou história de família. Você vai observar que tem algo errado com a conversa... Parece algo como uma história distante...

Quando uma pessoa não se atualiza, não acompanha os fatos e vive fechada em seu mundo, se perde no tempo... E isso é um caminho quase certo para a depressão.

Quando você, conta seu tempo e marca ele, você vai registrando e pontuando as coisas a sua volta. Seu tempo pode ser contado pelos amigos, pelos parentes, pelos momentos bons e ruins na sua vida. Cada fato, cada caso, cada evento, enfim... Pode e deve ser usado como um marcador de tempo. Quando você não observar nada disso...
Você esta passando pelo tempo, não esta marcando ele... É o que acontece com pessoas que deixam a vida levá-las...

Quando você viaja com amigos, faz um churrasco em família, viaja com sua namorada, quando vai almoçar para comemorar o aniversário de um colega de serviço, tudo isso marca seu tempo. E o bom, é que você tem auxílio a sua memória. Quando não lembra: Pergunte e seus amigos... E eles irão te ajudar! Fotografe e filme se puder e quando der...

E quando você tem filhos?!
Quando você tem um filho seu tempo vai ser marcado constantemente, cada coisa que seu filho fizer, cada coisa que você fizer por ele... Marca seu tempo e o tempo dele.

Seu tempo pode ser marcado pelos filhos dos seus amigos, pelos seus sobrinhos. Pode ser marcado por coisas boas ou ruins, afinal a vida esta em curso...

Mas veja que gostoso... Quando você chega de surpresa e leva um presente pra esposa ou namorada, ou vai buscar seu filho ou sobrinho na escola quando eles não estão esperando. Você marca o seu tempo e o tempo dele.

Coisas simples podem marcar de maneira significativa um relacionamento, um momento... O seu tempo e o tempo de outras pessoas. Tente fazer isso?

Aprenda a marcar seu o tempo e seja feliz!

Gostaria muito que você deixasse seu comentário...

Muito Obrigado por ler Meu Blog!
Até meu próximo texto.

Comentários

  1. Muito bonito texto Adalberto. Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Brother...que você postou é verdade, o problema é que as vezes ficamos cegos e vivemos em uma rotina de trabalho e casa, deixando de fazer coisas simples, porem importantes em nossas vidas.
    Você nos lembrou como isso é importante, ainda mais que nossa vida e o tempo passa muito rápido.
    Abs!

    ResponderExcluir
  3. Se existe uma coisa que faço muito, é marcar meu tempo!
    Meus dias são bastante agitados. A começar pelo trabalho, estou com pessoas o tempo todo,
    e isso é ter novidade todos os dias.
    Fora o trabalho, tenho dois filhos lindos Rafael e Roberta) e maravilhosos que sempre me trazem novidades.
    a última foi a neta maravilhosa (rafaela) que ganhei do meu filhote.
    Tenho tb uma sobrinha de cinco anos (Melissa) que me adora (como pode?) quer ficar comigo o tempo todo.
    Estas férias foram praticamente toda p/ ela: como a mãe dela não a deixou ir acampar comigo e com a Beta,
    fui obrigada a armar a barraca no quintal da minha casa e passar um dia e uma noite acampando com ela.
    Devido as férias, fiquei alguns dias sem abrir meu email, e quando me dei conta estava cheio de mensagens,
    só do Adalba tinha umas cinco, e tive que postar vários comentários em um único dia.
    Tudo isso faz minha vida agitada e cheia de novidades.
    Isso é só uma parte, acho que marco bastante minha vida, ou não?
    beijocas
    Sandra Regina Mighel

    ResponderExcluir
  4. Puxa já falei sobre isto por aqui... mas vamos de novo (rsrs)

    Mais uma do tempo...
    Antigamente me importava em demasia com o tempo, pois assim havia sido instruído
    O tempo era o ponto chave em minha vida, ou seja, hora de acordar, hora de brincar, hora de ir para escola, e por ai a fora
    E assim se perpetuou até muito tempo depois
    Quando percebi que o tempo é uma mera invenção,
    Uma mera convenção criada pelo homem assim como a religião e o governo.
    O tempo nos dita ordens e temos que obedece-las, sobre pena de sermos castrados nos nossos mais íntimos sonhos
    No entanto não é assim! Tudo são escolhas...
    Você deve se regrar, é claro!
    Mas não se martirizar, se deixar dominar
    Deixe o tempo fluir...
    Você tem um compromisso, ótimo, honre a ele
    Mas caso não se sinta capaz disso então nem o assuma.
    Veja bem, como estamos integrados em uma sociedade
    Não podemos negar e travar uma batalha contra o tempo
    Mas também não devemos ser extremistas
    Atrasos fazem parte e acontecem
    Às vezes você pode chegar atrasado a um compromisso por cinco minutos
    E perder uma pequena ou longa viagem
    Ou chegar atrasado meia ou uma hora e perder uma caminhada razoável
    Veja que nestas duas hipóteses houve de fato o atraso independente da hora perdida
    Ou do percurso feito.
    Ai então você me diria: mas se a pessoa acordasse ou saísse bem antes do horário chegaria a tempo
    Então eu lhe digo: quantas vezes você sai de casa e sabe tudo que vai lhe acontecer em seu trajeto, seja uma ida a padaria ou a um lugar distante.
    Pois bem estamos passíveis aos eventos do universo, imprevistos, etc.
    Então quando se atrasar não culpe ninguém, nem a si mesmo, pense que talvez aquele não fosse o momento certo daquele acontecimento, ou talvez nunca deva acontecer com você, ou ainda mais, talvez alguém que esteja precisando muitíssimo mais que você (ou seja merecedor) chegou a sua frente. Então não desanime na sua busca na sua caminhada o momento certo enfim chegará

    copyright©http://alchemist-projeto-alquimia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Look Info

    Espero que você concorde comigo, fiz a leitura do seu texto e gostaria de ponderar que no texto "Marque seu tempo" que escrevi, não tem uma relação direta com o texto que você escreveu sobre tempo.

    No meu texto falo de "Marcar o tempo" em relação as lembranças... Marcar um lembrança na vida dos filhos, dos amigos... não esta relacionado ao tempo em si. A sua forma convencional ou forma inventiva ou primitiva de tempo. Marcar no sentido da pessoa lembrar de você ou do momento em que você estiveram juntos... Como se fossem uma página no livro da vida de uma pessoa que tem um marcador naquele local.

    Concordo com o começo do seu comentário,quando diz "Puxa já falei sobre isto por aqui... mas vamos de novo (rsrs)"... mas você há de concordar que nem todos os que conhecem Meu Blog e fazem leitura dele conhece seu espaço, o conteúdo do seu blog. Mas respeitando e agradecendo pelo seus comentários, o publiquei. E aproveito para agradecer por postar em Meu Blog.

    Fique sempre a vontade para postar seus comentários. Alias esta é a tônica de uma boa discussão... O entendimento.

    ResponderExcluir
  6. Caríssimo, não vejo muita diferença nos textos mas enfim rsrsrs

    São pontos de vista, pois na verdade tempo é ! Seja ele marcado, transcorrido ou vivido, o importante é que não seja desperdiçado

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você não gosta de ser fotografado.

Não poderia deixar de escrever esse texto... É mais um registro para pequenas coisas que acontecem em nossas vidas que merecem um registro para posteridade, ainda mais que temos tantas e tantas formas de manter nossas vidas registradas e compartilhadas. Oscar Niemeyer viveu 104 anos e faltando 10 dias para completar seus 105o. Aniversário, veio a falecer e deixou a seguinte mensagem: “... Porque eu acho que a vida é assim. A gente tem que separar as coisas. A vida é chorar e rir a vida inteira. Aproveitar os momentos de tranqüilidade e brincar um pouco. Depois, os outros é aguentar. A vida é um sopro né?”. Antigamente tirar uma fotografia era coisa tão cara que as fotografias eram póstumas. Essas fotos se chamavam Post Mortem. A foto era tirada da pessoa morta como se estive viva. Eles vestiam o morto e colocava em uma posição, como se estive vivo e fotografavam. Com o passar dos anos e a evolução tecnológica qualquer celular básico tem uma câmera. E os smartphones tem capacidade de tira…

Você sabe o que é miopia de alto grau? Fale como o Ramiro Diz.

Tenho um amigo que trabalha comigo que usa óculos desde de os sete anos de idade. Como ele morou  em Portugal... Seus parentes são portugueses.. Oras pois!

Ramiro Diz pá! é o nome do gagio!


Hoje, ele usa 22,0 graus de miopia. Me contou que usa óculos desde os 7 anos de idade. Seu grau de miopia nesta idade já chegava aos 12 graus.

Quando foi ao oftamologista pela primeira vez, este receitou inicialmente um grau abaixo do que ele usava para que se acostumasse com o óculos. Um pouco de psicologia infantil para ajudar o menino a enxergar e brincar.

Eu também sou miope, uso 4 graus de miope em ambos os olhos, comecei a usar óculos aos 18 anos  de idade, mas nestes números o Ramiro saiu na frente disparado logo ao 7 anos de idade... 12 graus! é muita coisa!

Mas graças a tecnologia podemos enxerga com tranquilidade, usando um belo e estiloso de um par óculos.

Hoje óculos é item de moda, tem muitas pessoas que usam a armação apenas como adereço... Isso mesmo! Usam o óculos sem grau! Só pra f…

MATANDO UM LEÃO POR DIA...

Eu gosto de escrever meu próprios artigos, mas algumas vezes recebemos alguns emails que trazem consigo uma lição de vida tão interessante, que alguns que recebo, passei a colocá-los no Blog. 
Eu estava na casa da Minha Elaine, quando ela começou a ler o texto em voz alta, estando ela sentada no chão na sala. Não posso negar que ela me conhece bem, tenho certeza que ela o fez sabendo que isso iria me chamar a atenção. Pensei... Por traz deste texto tem algo interessante. Assim que ela terminou o texto, falei: Manda pra mim por favor?
Bom... Veja o texto na integra...

MATANDO UM LEÃO POR DIA ... Em vez de matar um leão por dia, aprenda a amar o seu. Por Pierre Schurmann
Outro dia, tive o privilégio de fazer algo que adoro: fui almoçar com um amigo, hoje chegando perto de seus 70 anos. Gosto disso. São raras as chances que temos de escutar suas histórias e absorver um pouco de sabedoria das pessoas que já passaram por grandes experiências nesta vida.
Depois de um almoço longo, no qual falamos…