domingo, 6 de março de 2011

Um café ruim como desse... mas nem catando latinha!!!

Não faz muito tempo, minha mamãe estava em São Paulo e ela queria voltar pra São Simão.

Como a Elaine havia combinado de ir ver a Mamãe dela em Mococa, combinei com a Dona Rafaela que a levaria para São Simão e de lá iriamos para Mococa.

Quando vamos para o inteirior de São Paulo, sempre vamos pela Rodovia dos Bandeirantes. E no caminho já virou padrão parar no Serra Azul. Eu gosto de um cafézinho expresso... Então virou quase uma regra pra tomar uma cafézinho naquele local.

Neste dia paramos e como sempre fomos tomar um cafezinho. Fiz o pedido três cafezinhos... Café servido! Vamos tomar nosso café...

Minha Mamãe tomou o primeiro gole que falou:
- Nossa que café ruim... Esse não dá pra tomar não. Tá ruim demais!

A Elaine nem quis experimentar o dela, não me lembro se por insistencia ela tomou um pouco do cafézinho dela e confirma:
- Esse esta ruim mesmo.

Eu estava a fim de tomar café. Então comecei a tomei o café... é o café esta ruim mesmo.
Pensei como assim?! O café esta ruim mas dá pra tomar...
Vou dar uma lição de moral na minha mamãe e na Elaine, pois estão ficando muito metidas...
Comecei a discursar:

- É mãe, quando a gente melhora nossas vidas ficamos cada vez mais exigente, não?
Se fosse antigamente a senhora tomaria o café...

Nem terminei de falar ela me disse:

- Filho, um café ruim como desse... mas nem catando latinha!!!

A risada foi geral... Resumindo não tive jeito! Minha Mamãe matou a pau!

Nenhum comentário:

Postar um comentário