domingo, 30 de janeiro de 2011

O que é pós-MBA? Ou o que são cursos de pós-MBA?

Antes de falar sobre o que é um curso de Pós-MBA, achei interessante falar sobre as modalidades de cursos de pós-graduação que são oferecidos pelas escolas de ensino superior, faculdades e universidades do nosso país. São considerados cursos de pós-graduação:


1. Latu Sensu: São cursos de especialização que tem tempo de duração entre 1 e 2 anos, normalmente com uma carga horário de até 460 horas. Normalmente é pago. Seja em entidade pública ou privada. Quando você termina recebe um diploma de especialização.

2. Stricto Sensu: São os cursos de mestrado ou doutorado acadêmico, onde você precisa ter dedicação integral. No geral são oferecidos por universidades públicas é são gratuítos. Para entrar nesse tipo de curso você precisa passar por um processo seletivo onde farão: analise currícular, entrevistas e entre outras coisas, você precisa comprovar proeficiência em inglês.
Na fase final do curso de mestrado você deve apresentar uma dissertação acadêmica sob a orientação de um mestre ou doutor. Já na fase final do curso de doutorado, você deve apresentar uma tese.
Este trabalho final de dissertação ou tese será avaliado e aprovado por uma banca examinadora.
Sendo aprovado, você aqui recebe o titulo de mestre ou doutor.
Uma vez como mestre ou doutor você pode decidir se será um pesquisador e caminhar para o doutorado, considerando que você tenha feito um mestrado, ou ainda pode caminhar para um pós-doutrado, considerando que você tenha feito um doutorado.Ou ainda.. Ser um professor acadêmico ou um professor orientador de pesquisas. Os cursos de mestrados e doutorados tem seus programas aprovados e recomendados pela Coordenação de aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

3. Mestrado Profissional: Este curso confere a você o título acadêmico de mestre. São oferecidos por universidades públicas e privadas. E geralmente são pagos. Diferente do mestrado acadêmico, este cursos são voltados para pesquisas de negócios e quase sempre patrocinados por empresa privadas. O trabalho de conclusão não precisa ser necessariamente uma dissertação, pode ser um trabalho prático de comprovação de conhecimento.Como: o desenvolvimento de um produto específico, de um software ou mesmo apresentar uma solução para um problema específico de alguma empresa.

4. MBA: Este é um curso de pós-graduação dentro da modalidade latu sensu, criado por universidades americanas e depois foi adaptado para o Brasil. Existem diferenças entre MBAs nos Estados Unidos onde o curso é integral. E no Brasil, onde foram feitas adaptações para atender ao público noturno.
É um curso voltado para negócios, como sugere a sigla MBA - Master Bussiness Administration. Embora o nome em inglês Master (Mestre), ao terminar este curso você não recebe o título de mestre, mas um certificado de especialista. E claro... São todos pagos.

5. Pós-doutorado: Curso de extensão ao Doutorado

Voltando ao assunto pós-MBA... Que seria nosso item número 6. Este é um curso de extensão aos cursos de pós-graduação.

No site da FGV,que é uma das faculdades especializadas em cursos de MBA, encontrei a seguinte definição: "Os Pós-MBAs são cursos de pós-graduação, em nível de atualização, voltados aos profissionais que já concluíram um curso de MBA e desejam se aprofundar em determinado tema. Os programas têm carga horária de  120 horas/aula e uma metodologia baseada na discussão de cases, que levam ao aprimoramento da prática."

Eu diria que é um curso mais para atender a executivos ou profissionais que precisam de atualizar conhecimentos, trocar informações e cases com pessoas no mesmo nível de conhecimento ou atuação no mercado. Entrei em vários sites que falam sobre pós-MBA, encontrei em todos a mesma definição, mudando no geral as ordens das palavras. Encontrei pós-MBA nos sites das seguintes entidades:

Na FIA que tem uma página especifica para informar sobre o programa de Pós-MBA, bem como criou uma Comunidade Virtual para o Programa de pós-MBA...

Na B.I. International neste site eles deixam claro o seguinte:  "... são voltados a acionistas, diretores, superintendentes, alta gerência, empreendedores, gestores e consultores. As aulas presenciais são realizadas no Brasil em sistema de imersão e os módulos internacionais nas escolas parceiras."

Na Fundação Dom Cabral (FDC):  "Um programa desenhado em conjunto pela FDC e a Kellogg School of Management, para complementar o MBA Executivo Empresarial da FDC. Ministrado por professores da Kellogg, nos EUA, o programa, com duração de seis dias, discute temas avançados em Marketing, Liderança e Negociação."

Você encontrará várias informações sobre pós-MBA. Mas comparado com os outros cursos, as entidades que estão oferecendo até o momento não são em grande número. Vamos e convenhamos é um curso muito específico para profissionais específicos.  Bom... É o que eu penso... Certo? Mas fique a vontade para comentar ou acrescentar algo nos comentários.

Abração e até meu próximo texto!

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Você tirou fotos do bairro onde mora?

Estava conversando com o Carlão, no horário do almoço alguns dias atrás e...

Alias gostaria de deixar registrado aqui, que conversar com a turma toda na hora do almoço é muito legal e divertida pra caramba! Os assuntos são variados por demais e ricos em sugestões, seja do que for... Comprar, Vender, Religião, Futebol... Não tem fim... É sensacional!

Opa!!! Voltando ao assunto...
Estava conversando com o Carlão, quando comentei que alguns lugares onde eu vivi minha infância já não existem mais..

Ele mesmo lembrou que teve que tirar um foto da escola que ele estudava, pois deixaria de existir.

Quando eu era criança, morei no Edificio São Vitor durante bons anos. O endereço exato me lembro como hoje: Avenida dos Estados, 3197 8o.andar apto 824.


Como passar dos anos, devido a forma ou posicionamento indequado do edifício, ele foi condenado. Foi abandonado e hoje esta sendo demolido para fazer uma praça no lugar. Eu tenho passado lá sistematicamente e tirando foto até o prédio ser completamente demolido. Alias não foi só o prédio mas tudo que estava a sua volta já foi demolido.


Onde hoje é o Projeto Catavento Cultural , ao redor onde eu jogava bola e brincava com meus amigos durante o dia foi todo cercado e totalmente alterado do que era antes.

Assim como outros locais por onde passei e vivi que já não existem mais. Tenho certeza que se você fizer um pequeno esforço vai lembrar de algum lugar que foi mudado, ou não existe mais.

Alguns lugares se perdem em nossas memoria devido a destruição provocadas por vários fatores: Evolução da cidade, necessidade de alterações e até por fatores naturais.

A transformação da cidade, ou melhor, processo evolutivo de transformação da cidade, vai matando a história e a memória das pessoas. Isso acontece em todo o canto do mundo.

Acredito que nos paises mais antigos como Itália, França, Alemanha, Inglaterra, Portugal, Espanhã... enfim a Europa como um todo onde a tradição de manter o tempo parado faz parte da cultura do povo e incentiva o turismo é que as alterações são bem pequenas ou nenhuma, exceto se provocadas pela natureza. Até por que não acredito que no velho continente tenha espaço para crescer, já esta tudo ocupado.

Os paises como Estados Unidos, Canadá e alguns outros, as pessoas tem a cultura da preservação e certamente só serão alterados por força da natureza. Fazem questão de manter a memória das famílias nos locais onde moravam. É uma cultura diferente da nossa. Estamos gatinhando na preservação das nossas histórias de uma maneira geral.
Por este motivo, acho que você deve fotografar a tudo e a todos sua volta. Isso vai te ajudar a conservar sua memória. E quando viajar tire muitas, mais o máximo de fotos que puder. Além de ajudar a você a se lembrar de como foi a viajem, vai registrar a memória do lugar por você mesmo.

Até meu próximo texto!

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Aquela cena na minha memória... Era minha avó....

Essa história que vou contar é assim... muito muito estranha... doida!

Algumas vezes quando estou indo para o trabalho, ligo pra minha mãe e fico conversando com ela durante quase todo o trajeto. Coloco meu fone de ouvido e vamos jogando conversa fora. O caminho é longo e assim vou preenchendo meu tempo.

Estava conversando com minha mãe, quando ela começou a rir sozinha e não parava mais... Perguntei a ela do quê ela estava rindo. Foi então que fiquei sabendo que estava rindo por causa de uma piada que Meu Tio Adolfo ouvi o Tiririca contar e falou pra ela.

A piada foi a seguinte:
Conta que um menino, preocupado com o fato de seus parentes morrem repentinamente, foi questionar a sua mãe. Chegando viu sua mãe sentada e perguntou:
- Mamãe? É verdade que na nossa família as pessoas morrem repentinamente? ... Mamãe? Mamãe?! Mamãe?!!
Resumindo... Sua mãe havia morrido repentinamente, confirmando o fato.

Falei pra minha mãe:
- Pô! Mãe que piada mais morbida e sem graça.

Ela falou que não estava sabendo contar, mas insistia que a piada era engraçada.

Depois de um tempo de reflexão na linha, falou: 
- Minha mãe morreu deste jeito. Mas não fui que quem contou a piada...Foi o Dolfo...
Se referindo ao meu Tio Adolfo, meio que com uma fala de arrependimento pela piada. Perguntei a ela, como foi esta história. Queria saber como a minha avó havia falecido. Minha avó faleceu repentinamente... Havia acabado de servir o almoço para todos, quanto ao colocar o prato de comida na mesa teve uma ataque cardíaco fulminante. Não chegou a cair no chão porque meus tios e tias ampararam-na.

Isso me chamou a atenção, me veio imediatamente na memória, uma lembrança de uma senhora colocando o prato na mesa, segurando o com as duas mãos, estava de saia, lenço a cabeça, caindo pra trás, um barulho grande e eu correndo pra debaixo da mesa. Contei isso pra minha mãe.
Ele me disse:
- Filho, você não pode se lembrar disso! Você devia ter uns 3 anos de idade... Realmente era você naquela na hora. Você se escondeu debaixo da mesa e começou a chorar.

Em minha memória ficou registrado o momento em que minha avó havia falecido. Contei mais detalhes: Falei que minha avó havia feito um refresco pra mim. O refresco de um desenho de uma jará grande que tinha boca e perninhas e era conhecido como Jarão. Que estava feliz com isso pois gostava de tomar aquilo. Minha mamãe confirmou tudo isso.

Me lembro de ter ficado com este sentimento dentro de mim e não sabia o que era... Veja que coisa: Fiquei saber depois de muitos anos. O trauma marcou de maneira tão forte que nunca me esqueci e frase que resgatou foi "...segurando o prato com as duas mãos".

Depois disso, quiz sabe o que teria levado a minha avó àquela situação. O que deveria ter ocorrido para que ela viesse a ter um ataque cardiaco tão forte.

Minha mãe me falou que naquela época, um tio meu estava pra casar e minha avó andava muito nervosa porque não queria que o casamento fosse realizado de maneira alguma.  

Segundo Minha Mãe me contou, numa quinta-feira, minha avó falou abertamente para todos da familia:
- Prefiro que DEUS me tire a ver meu filho casado com esta pessoa.

Na sexta-feira por volta das 11:30h, ela faleceu... Isso aconteceu por volta de 1969....

Agora preciso saber o que aconteceu depois disso...

Até meu próximo texto!