segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Conhecendo a região...Poços de Caldas

Hoje fomos para Poços de Caldas. Partimos de Mococa as 08:30h, chegamos em Poços de Caldas as 10:00h. Estrada boa e tranquila, claro que nada comparado com uma Bandeirantes.
Todo o caminho é feito por estradas vicinais, pistas com mão duplas. O caminho feito foi: Mococa, São José do Rio Pardo, São Sebastião da Grama, Divinolândia e finalmente Poços de Caldas.

Veu das Noivas
Na entrada da cidade fomos para o primeiro ponto turístico na entrada da cidade "Veu das Noivas".
O local estava cheio de turista. Tem lojinhas de artesanato, um passeio de trenzinho que não recomendo... é muito simples.  Dá apenas uma volta pequena que não causa nenhuma emoção. Só vai valer apenas se você estiver com crianças.

Fontes dos Amores
Partimos para a fonte dos Amores. Infelizmente devido a estiagem do período a fonte esta muito seca, quase não tinha água. Ouvi de uma pessoa que estava por lá me dizer: "Uma penas! Da última vez que estive aqui estava cheia."

Recanto Japonês
Dali partimos para o Recanto Japonês. O lugar é muito bonito e tranqüilo. Tem um jardim daqueles que só japonês sabe fazer, muito bem cuidado. Uma casa de madeira no estilo japonês muito linda e bem cuidada. Escolhi mostra uma fonte de pedra que achei muito bem feita. É um lugar romântico. Alias a maioria dos locais tem como propósito manter um clima romântico.

Pedra Bolão
Saímos em direção a outro ponto turístico conhecido como Pedra Balão. É isso mesmo... Uma pedra grande com este formato que você pode ver na foto. O que tem nesse local: Passeio de cavalo ou de boi. E do alto da pedra você tem uma vista para o vale. Achei o lugar legal para tirar umas fotos diferente.

Cristo Redentor
No  mesmo caminho fomos para outro ponto mais alto, o mais alto da cidade: O Cristo Redentor.
Antes de qualquer contrariedade... Não estou falando da Cidade do Rio de Janeiro. Mas, já reparou que quase toda cidade do interior... tem uma estátua similar a essa? Uma replica do Cristo Redentor do Rio de Janeiro (Certo. Sidnei?!! rsss). E sempre é colocada no ponto mais alto da cidade? Então... Aqui não foi diferente. Do Cristo você tem uma visão de toda a cidade. Tem um teleférico que sai da parte baixa da cidade e sobe até o Cristo Redentor.  

Depois destes pontos fomos para o centro da cidade para almoçar. Muitas opções e vários tipos a escolher, barraca de lanches... várias. Self Services... resumindo você vai encontrar vários locais para comer bem e de acordo com seu bolso.

Tem vários pontos... Além desdes que mostrei, fomos conhecer o calendário de flores, um relógio que funciona também feito em meio as flores, uma estátua de soldado colorida, que achei muito bonita. Uma praça muito grande com um hotel bem no centro, além das thermas.

O passei foi muito legal e na volta para Mococa passamos em Águas da Prata, onde tomamos água mineral natural diretamente da fonte... uma água bem gostosa e leve.
Esta escrito em uma placa próximo a fonte: "Fonte Vilela: Buvet de Água Mineral considerada a mais radioativa das Americas indicada para o tratamento do sistema renal".
Na saída da cidade tem um garrafa bem grande da Água da Prata, aquela que compramos no mercado.

Voltamos por um caminho diferente para Mococa, onde pagamos três pedágios, mais a pista bem melhor. Chegamos as 18:30h.
Valeu o passeio! Se for lá tenho certeza que vai gostar.

domingo, 5 de setembro de 2010

Conhecendo a região... São José do Rio Pardo

De Mococa você pode ir para algumas cidades conhecidas que ficam bem perto, entre uma hora e duas horas, tanto para São Paulo como para Minas Gerais.

Indo para Minas Gerais: Guaxupé (Cidade do café), Muzambinho (Cidade do cabeção Milton Neves, comentaristas de futebol), Alfenas (Cidades da Universidades). Poços de Caldas (Um das cidades mais conhecidas do circuito turístico mineiro) e várias outras.

Indo para São Paulo: Ribeirão Preto (A cidade da cervejaria Pinguim), Mogi-Mirim, Mogi-Guaçu, São Carlos (Universidades de tecnologia), Porto Ferreira (Cidade da Cerâmica) e várias outras.

Hoje decidimos que iríamos a São Jose do Rio Pardo, na terra onde Euclides da Cunha escreveu "Os Sertões: campanha de Canudos (1902)" enquanto liderava a construção de uma ponte metálica. Esta ponte hoje recebe seu nome.

Ao lado da ponte metálica, tem um monumento em homenagem a Euclides da Cunha, onde você pode ver mesa onde ele escreveu a obra "Os Sertões".

É uma praça onde você pode ver várias homenagens a Euclides da Cunha.  É estranho eu falar isso, mas a verdade é que eu estranhei o rio limpo... rsss. Também... passo quase todos os dias perto do Rio Tiete em São Paulo, quando vou pra casa da Elaine (minha namorada).

Aproveitamos e fomos conhecer a estátua do Cristo 
Redentor feita nos moldes do Cristo Redentor do Rio de Janeiro. Do local, você consegue ver toda a cidade. A vista é bem legal, dá pra ver bem a cidade inteira. 

Infelizmente devido a seca e muitas queimadas ocorrendo, a visão não estava limpa. muita fumaça.

Na base tem a história de como a estátua foi construída.

Dentre outras coisas você pode ver a barragem Euclides da Cunha da CESP.
 

Voltando de São José do Rio Preto para Mococa pude constatar um fato: A seca que esta visível quando você passa pela Barragem Euclídes da Cunha. 

Esta tão seca que se pode ver as pessoas andando no local de saída de água da barragem e a marca do fogo por todo lado.  

Na estrada você vê tudo queimado e em alguns pontos estava ainda pegando fogo... Era uma fumaça só! Você vê placas de orientação queimada.

Se Euclides da Cunha passasse por lá agora tenho certeza que ficaria triste.

sábado, 4 de setembro de 2010

Você sabe o que é miopia de alto grau? Fale como o Ramiro Diz.

Tenho um amigo que trabalha comigo que usa óculos desde de os sete anos de idade. Como ele morou  em Portugal... Seus parentes são portugueses.. Oras pois!

Ramiro Diz pá! é o nome do gagio!


Hoje, ele usa 22,0 graus de miopia. Me contou que usa óculos desde os 7 anos de idade. Seu grau de miopia nesta idade já chegava aos 12 graus.

Quando foi ao oftamologista pela primeira vez, este receitou inicialmente um grau abaixo do que ele usava para que se acostumasse com o óculos. Um pouco de psicologia infantil para ajudar o menino a enxergar e brincar.

Eu também sou miope, uso 4 graus de miope em ambos os olhos, comecei a usar óculos aos 18 anos  de idade, mas nestes números o Ramiro saiu na frente disparado logo ao 7 anos de idade... 12 graus! é muita coisa!

Mas graças a tecnologia podemos enxerga com tranquilidade, usando um belo e estiloso de um par óculos.

Hoje óculos é item de moda, tem muitas pessoas que usam a armação apenas como adereço... Isso mesmo! Usam o óculos sem grau! Só pra ficar "bonito"...

No nosso caso, miopes e outros colegas com problemas oftálmicos, usamos por necessidade.

Se você pensar um pouco ira perceber que a tragetória do Ramiro da infância até hoje, sempre esteve ligada a óculos e lentes, afinal com este grau de miopia, sem os óculos ele não tem com enxergar, deve ver apenas vultos.

São poucas as óticas em São Paulo que trabalham com armações especiáis (armações técnicas) para Altos Graus de Miopia, acima de 14 Graus.

Entre a infância, adolecência até a fase adulta, sua miopia partiu de 12 graus até 22,0 graus.

No entanto, a variação apartir dos 20 anos de idade até hoje, isso são 20 anos, pois Ramiro esta com seus 40 anos de idade. A variação foi de 2 graus.

Eu sou miope, mas Ramiro além de conhecer de óculos é um Miope de Auto Grau!

De tanto estar as voltas com óculos, ele adequiriu uma ótica  a Optica studio vision.

Não preciso nem falar que ele entende do que esta vendendo.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Primeiro dia dos 100 dias de treinamentos... Pede pra sair. Pede pra sair

Eu queria ter postar isso ontem...
Motivo: Ontem foi o 1o. Dia dos 100 dias de treinamento. Mas, tudo bem. Esta muito legal ir para a academia neste periodo... Pessoal motivado... Academia cheia... Legal!
Você acaba se motivando com a energia do pessoal.

Vamos falar do primeiro dia então...

Primeiro dia dos 100 dias de treinamento.

Cheguei na academia e percebi de cara que a energia estava diferente... Academia cheia... Movimentada.

Por curiosidade perguntei quantas pessoas estavam participando, a Professora Sandra comentou e falou que algumas pessoas fizeram matricula só pra entrar no programa.

Uma das pessoas que entrou no programa foi o Douglas. É um frequentador regular da academia, esta sempre treinando com a gente.

O Douglas empolgado em participar dos 100 dias de treinamento, pegou a ficha e chamou pra Sandra.
Nesta hora, eu estava do lado e fiquei só observando.

A Sandra começou a explicação:
- Quando você ver a estrelinha aqui ao lado. Após a série você vai pra esteira e corre 1 minuto e meio.
(Correee... não é trotar... é correr mesmo!)

O Douglas olhou pra mim...
- Essa aqui tá tranquilo... Supino... Hummm... Tranquilo!

Eu olhando a ficha percebi que ele não estava olhando a quantidade de vez, o número, a frequência de exercícios... 3 séries de 12 movimentos... Supino! Um exercício... Unzinho só! Ainda tinha uma carreira de exercícios, só pra trabalhar peito!

Quando ele olhou para quantidade, cara do rapaz já mudou. Mas sabe como é... Entrou no programa, vai ter que encarar.

Você precisa ver como a Sandra vira um general na academia!
Olha só o comando:
- Douglas! É pra correr! Esse treinamento é prá macho! Não é pra ficar ai caminhando não... corre no trote até o aparelho! Vamos! Vamos! Não tem descanso não!

Nessa hora eu lembrei no filme Tropa de Elite:
- Pede pra sair. Pede pra sair.

O Douglas esbraveijou com a Professora Sandra:
- Quer apostar que eu chego até o final?!!

Eu para não ficar fora da discussão já peguei o gancho e falei:
- Sandra pega a aposta! Não deixa escapar não!

Resumindo ficou assim: Se o Douglas chegar o final do programa, não precisa vencer. Só tem que cumpri o programa. Ganha uma Camisa do Corinthians com o número 2, a Camisa do Chicão.
O Douglas é Corinthiano e fez questão de ter o número 2 nas costas.
Lembrando que no mesmo dia comemoramos os 100 anos do Timão!!!
Esta eu quem pago.

Caso não cumpra o programa,  a Professora Sandra ganha uma caixa com todos os sabonetes do O Boticário. Esta o Douglas paga.

Bom...
Vamos nessa Douglas! Estou apostando em você!
A Sandra falou que você não conseguiu finalizar o programa no ano passado.
Força Douglas!