domingo, 30 de agosto de 2009

Avôs, Filhos e Netos...

Eu estive pensando sobre minha vida e a vida de alguns amigos da minha época de infância.

Não quero entrar em muitos detalhes, mas tenho amigos que não tem 40 anos e são avôs e algumas amigas que são avós.

Você pode achar normal ou não tem nada de mais. Você esta certo.

Mas não analisei nestas perspectivas. Fiquei pensando nos filhos desdes meus amigos que fazem parte de um ciclo de vida que esta na maioria das vidas desdes meus amigos e de muitos cidadões brasileiros. Salvo obviamente aqueles que tem melhores condições financeiras.

Vejamos: Esta pessoa que é avo agora deixou de fazer o que o gostaria e o que precisava, devido a necessidade de cuidar de seu filho. Que talvez, tenha chegado em uma hora inexperada. Logo, por via de regra, não terminou sua faculdade, não conseguiu realizar todos os planos e sonhos que havia sonhado pra si e tantas outras coisas que só ela tem conhecimento e algumas vezes não gosta nem de comentar.

Como não conseguiu terminar a faculdade e não conseguiu um ganho financeiro melhor, não teve condições de oferecer uma vida melhor para seu filho. Agora sendo avô. O que faz o avô pensar que para o neto será diferente?

Se você instruir seu filho para garantir que ele tenha um futuro educacional e consequentemente financeiro melhor, eu penso que você sai de um ciclo para entrar em uma espiral crescente. Pode ser que seu filho faça tudo ao contrário do que você gostaria, mas cabe a você orientá-lo ou se esforçar para que isso aconteça. Se não der certo: Você fez a sua parte. E tentou corrigir o egoísmo de pensar só na sua felicidade e passou a acreditar em um futuro melhor para seu neto.

Pode ter certeza que na sua velhice, aquela que DEUS há de lhe abençoar para que a tenha, vai olhar para trás e ter a certeza que valeu apena.

Você pode não concordar com tudo isso. Cada um pensa de uma maneira e devemos respeitar.

Viva e Viva Bem!


Nenhum comentário:

Postar um comentário